Porque eu não quis assistir Cidades de Papel

cidades de papel

 

Se você foi no cinema, gastou seu rico dinheirinho com esse filme “good for you“, embora o filme seja baseado no livro de um dos meus autores preferidos John Green, pra mim o filme não ia passar de um drama água com açúcar como em A Culpa é das Estrelas.

Eu li praticamente todos os livros dele, então vou falar do primeiro filme inspirado em uma de suas obras. O livro A Culpa é das Estrelas, tem um enredo espetacular que foca na visão que a personagem principal tem de sua própria existência, como ela enxerga a morte diante de um câncer incurável. Os diálogos são repletos de ironias e sarcasmo, bem diferente do patético meloso apresentado no filme. E ok, que no livro tem romance mas não é o foco principal.

Foi essa primeira experiência que me decepcionou e claro, que eu vou ver Cidades de Papel um dia aí qualquer, mas não morro de vontade. O livro em si, tem uma história bem envolvente onde o personagem principal se deixa levar pelo mistério, como um Sherlock Holmes. Novamente isso se perde no filme e dando lugar a um romance água com açúcar totalmente desnecessário.

Veja bem, tudo isso que eu disse não passa da minha opinião. Se você gostou do filme ótimo!

Anúncios